Transplante de células-tronco é mais eficaz que remédios para tratar esclerose múltipla, diz USP

Entre pacientes submetidos ao tratamento, 94% não apresentaram mais sintomas da doença, que paralisa movimentos do corpo. Estudo conta com pesquisadores da Suécia, Inglaterra e EUA. Pesquisadores de Ribeirão Preto encontram tratamento eficaz para esclerose múltipla
Há dez anos, a dona de casa Marta Cunha começou a perder a força dos braços e sentir dificuldade para andar. Em poucos meses, já sem conseguir se locomover, aos 51 anos de idade, ela recebeu o diagnóstico que mais temia: estava com esclerose múltipla.
No início, os medicamentos ajudaram a barrar os efeitos da doença autoimune, que afeta o sistema nervoso central e Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!