George Solitário, a famosa tartaruga das Ilhas Galápagos, pode ser a chave para a longevidade

Mais de seis anos depois da sua morte, George segue dando lições. Cientistas dos Estados Unidos e da Espanha sequenciaram e analisaram o genoma do famoso quelônio e encontraram coisas surpreendentes no seu DNA. O exemplar de tartaruga-gigante de Galápagos chamado George Solitário morreu em junho de 2012
Rodrigo Buendia/AFP
Ele foi um dos habitantes mais icônicos das Ilhas Galápagos, no Equador.
Mais de seis anos depois de sua morte, seus genes estão dando pistas valiosas à ciência.
Uma equipe internacional de cientistas sequenciou pela primeira vez o genoma completo de George Solitário, a famosa tartaruga gigante da ilha de Pinta que morreu com Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!