Fibras: o carboidrato que salva vidas, mas que a maioria das pessoas não come o suficiente

Estudo encomendado pelo OMS mostra que consumo de fibras reduz as chances de doenças cardíacas e morte prematura. A fibra está presente em frutas, legumes, pães e massas integrais e lentilhas
Unsplash
Comer mais fibras ajuda a reduzir o risco de doenças cardíacas e morte, além de diabetes tipo 2 e câncer de intestino. É o que mostra uma revisão histórica publicada pela revista científica The Lancet.
O levantamento, encomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para guiar a formulação de novas diretrizes sobre a quantidade de fibras na dieta, sugere, no entanto, que a maioria das pessoas não está ingerindo quantidade suficiente Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!