Dormir tem função antioxidante, aponta estudo

Privação do sono faz com que os animais tenham uma sensibilidade maior ao estresse oxidativo agudo, que danifica as células do corpo, segundo pesquisa recém-publicada. O estresse oxidativo desencandeia o sono, que então age como antioxidante tanto para o corpo como para o cérebro
Pixabay/Divulgação
Por que dormimos? Essa pergunta não encontra uma resposta muito clara na ciência pois, em termos evolutivos, parece um contrassenso um animal ficar em repouso por tanto tempo, à mercê de predadores. Além disso, quando dorme, um ser humano obviamente não obtém comida e acaba praticamente não interagindo com o meio ambiente.
Mas um novo estudo, desenvolvido Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!