Brasileiras procuram abortos nos poucos países da América Latina onde a prática é legal

Segundo ONGs que representam direitos das mulheres, os destinos mais procurados são Colômbia e Cidade do México; mas essa opção só é realidade para mulheres com recursos financeiros e acesso a informação. Cartazes pedem a legalização do aborto na América Latina
RONALDO SILVA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Há oito meses, Rebeca Mendes Silva, a primeira mulher a pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para fazer um aborto no Brasil, interrompia a gestação legalmente, com assistência médica e psicológica na Colômbia, para onde foi depois de ter o pedido negado pela Justiça brasileira. Saiu da clínica com o método contraceptivo que escolheu, após ser Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!